(47) 38010343 (47) 40639451 | (41) 40421868 | (47) 88362288 WhatsApp

10 Dicas para Reduzir a Inadimplência na sua Empresa

Result Cobranças

por Fernanda Leão

Em tempos de crise as empresas conseguirem fechar as contas no final do mês é quase um desafio. Somente em junho de 2016 o aumento foi de 12,34% em relação ao mesmo período do ano passado. Foi o que mostrou o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Muitas empresas decretaram falência nos últimos meses e tantas outras estão em situações nada favoráveis. Por mais que a crise financeira e política do país tenham afetado empresas e consumidores, alguns passos podem amenizar a situação ou até mesmo reduzir os riscos de inadimplência em sua empresa. Confira essas dicas que nós da Result Cobranças  preparamos para você:

1-Tenha um plano de ação: para que tudo se encaminhe da melhor forma, seguir um plano de ação pode deixar o funcionamento da empresa mais organizado. Por exemplo, dividir as obrigações de acordo com setores, verificar as tarefas de cada funcionário, perceber a função de acordo com determinada pessoa. Se for o caso repense o seu negócio e identifique novas alternativas.

2-Sistema de cobrança eficaz: assim como você paga os seus fornecedores, os clientes também precisam fazer o mesmo. Invista em um bom sistema de cobrança que tenha dados dos seus clientes, principalmente em relação a um cliente que não fez o pagamento.

3-Reorganize a carteira de cliente: dependendo do tamanho do seu negócio, valorize clientes que pagam em dia, eles são fundamentais para o funcionamento da sua empresa. Atente para clientes devedores!

4-Faça acordos: negocie com fornecedores e clientes. Esteja aberto a negociação. Por vezes é melhor perder um pouco do valor do que perder tudo. Dialogue tanto com o contabilista para ver como estão as contas, e o que é necessário reavaliar para a empresa reduzir a inadimplência.

5-Faça contratos: não deixe de fazer contratos. Guarde-os, pois poderão ser importantes principalmente em momentos de negociação.

6-Emita nota fiscal: emita nota fiscal assim terá em mãos uma prova que precisará ter em relação a ingresso de uma ação judicial além-claro da ausência de nota ser crime de sonegação fiscal.

7-Procure ajuda especializada: quando verificar que a situação não está confortável e que a empresa está tendo dificuldade de pagar os salários dos funcionários, comprar mercadoria, pagar fornecedores, talvez seja a hora de falar com um especialista (um consultor, por exemplo) para ele ajudar a lhe mostrar possíveis saídas que possam reduzir a inadimplência de sua empresa.

8-Contrate um advogado: se passar mais de 45 dias e você não recebeu o pagamento procure um advogado para entrar com uma ação judicial.

9- Consulte os serviços de análise de crédito: verifique diretamente com seu banco como está o seu crédito, se é possível fazer uma renegociação e como você pode reverter à situação a seu favor.

10- Crie políticas de cobrança que mais se ajustem às necessidades da organização: por vezes um sistema de cobrança pode funcionar muito bem para um tipo de serviço e para outro não. Reveja qual melhor se encaixe para o seu sistema. Com novos clientes não se esqueça de olhar o seu histórico para não ter mais clientes devedores. Você poderá checar a situação dos seus clientes junto a empresas ou entidades de proteção ao crédito - como o SPC, Serasa-Experian e outras associações comerciais diversas. Não deixe de fazer essa verificação! Ela pode lhe ajudar a ficar longe de clientes devedores.

Vale lembrar que eliminar de maneira definitiva a inadimplência é muito difícil para empresa. Mas se houver boas estratégias as chances de reduzir a inadimplência de sua empresa são grandes. Boa sorte!

Adicionar comentário